Qual Melhor Atomizador?

A quantidade de atomizadores no mercado cresce a cada dia e novidades são frequentes, isso quer dizer que a escolha do atomizador pode ser muito pessoal e mudar radicalmente de uma hora para outra. Apesar disso, podemos determinar algumas características principais que podem lhe ajudar a escolher um modelo específico:

Tipo: Atomizadores podem RDA (Rebuildable Dripper Atomizer) que são atomizadores sem recipiente, exigindo que o líquido seja pingado (dripped) diretamente na coil, podem ser RTA (Rebuildable Tank Atomizer) que são atomizadores com recipiente para líquidos ou RDTA (Rebuildable Dripper Tank Atomizer) que são atomizadores com recipiente abaixo do deck e que ainda assim permitem que liquido seja pingado diretamente na coil. O tipo do atomizador muda toda a experiência, modifica a questão de praticidade (ter líquido para consumir até necessitar reabastecer ou precisar pingar o tempo inteiro), maior ou menor sabor, etc. 
No caso dos atomizadores RTA existem duas subcategorias, os modelos que utilizam “coilheads” que são resistências descartáveis que não podem ser reaproveitadas e aqueles que permitem a utilização de coils que devem ser confeccionadas e instaladas (os modelos das fotos acima são deste tipo). Alguns modelos permitem ambos, bastando trocar a base do atomizador para adaptar a instalação.

Número de coils: A quantidade de coils que podem ser instaladas ao mesmo tempo. Alguns atomizadores são exclusivamente dual coil (para duas resistências), outros single coil (apenas uma resistência pode ser instalada). Alguns modelos inclusive oferecem as duas versões, com bases que podem ser trocadas. 

Tipos de deck: Alguns atomizadores permitem trocar o deck para modelos diferentes. Em alguns casos o número de resistências não modifica, podendo vários modelos de decks oferecer a instalação das mesmas duas coils, porém com design diferenciado, mudando a forma como as coils são instaladas.

Airflow superior/inferior: A entrada de fluxo de ar é uma característica que modifica muito a experiência do vapor e pode ser uma característica determinante para a sua decisão de compra. Airflow na parte de baixo pode gerar vazamentos, enquanto um airflow superior torna virtualmente impossível a existência de vazamentos. Alguns modelos oferecem as duas opções simultaneamente.

Tamanho: Atomizadores maiores possuem maior capacidade de líquido, necessitando reabastecimento menos frequente. Atomizadores menores tendem a possuir um melhor sabor pois a câmara da resistência e o menor comprimento da chaminé contribuem para potencializar a sensação de sabor.

Tipo de coil: Atomizadores podem ser feitos para receber “coilheads”, resistências comerciais prontas que bastam ser substituídas para continuar o uso do aparelho, apresentando maior praticidade, porém menor liberdade e também maior custo. Atomizadores que permitem a instalação das próprias coils dão maior liberdade, porém exigem maior conhecimento do usuário.

Qual é o melhor aparelho para iniciantes? 
Assim como os atomizadores, os aparelhos também apresentam uma grande gama de opções, porém há um consenso de que os aparelhos indicados para iniciantes devem ser os chamados “regulados”, pois possuem chip interno que apresenta diversos mecanismos de segurança.
Os modelos atuais podem ser divididos em três tipos distintos: os modelos extremamente portáteis cujos tamanhos mais se assemelham aos cigarros como o MyJet, iCare ou Juul, os kits também chamados de “all-in-one” que oferecem tudo em um só produto e normalmente possuem formato caneta ou cilíndrico, sendo opções mais práticas e que normalmente trabalham com coilheads (resistências que precisam ser trocadas e não podem ser reaproveitadas) com modelos como o Ego One, iJust e Ego AiO e por último todos os outros modelos com suas mais diversas formas, quantidade de baterias e outras características, que representam 90% do mercado.
Nesta terceira opção, praticamente todos os modelos comercializados atualmente possuem características técnicas idênticas, ficando à cargo do usuário a escolha de design, ergonomia e facilidade de uso do menu e das opções, além da quantidade de baterias que irão determinar a potência máxima e autonomia do aparelho.
Apenas dessas diferenças, os chips são capazes de executar os mesmos modos de operação e possuem as mesmas opções de uso.
Para tornar esta resposta mais duradoura, já que aparelhos são constantemente lançados no mercado, o ideal é que você pesquise nas mídias sociais à procura dos modelos mais adotados e vendidos, faça uma breve pesquisa de preços e procure por análises de cada produto que você selecionou, sendo o Youtube uma ótima fonte de informação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Ola!

Clique aqui para falar com a gente pelo  WhatsApp ou nos envie um e-mail para [email protected]

Horário de Atendimento: Segunda á Sexta-feira das 08:00 as 17:00 hrs

× Dúvidas no que Comprar?